Curitiba, Morretes e Barreado

No ano passado, peguei um feriado de quatro dias e fui de avião pra Curitiba (cidade que eu adoro por sinal). A ideia era conseguir fazer o passeio de trem até Morretes e também provar o famoso barreado, prato típico da gastronomia paranaense. O tempo foi mais do que suficiente e conseguimos visitar todos os pontos turísticos que queríamos e ainda descer até Morretes. E o post de hoje é pra contar sobre essa experiência em específico. Outro dia faço um post completinho com tudo que tem de mais legal pra visitar na própria Curitiba, combinado?!

O que você precisa saber é que Curitiba é uma cidade fria e que chove bastante, então a chance de você fazer esse passeio e o tempo estar uma merda, é bem grande! E foi exatamente o que aconteceu! rs (Murphy mandou aquele abraço! hahaha). Mas mesmo assim valeu a experiência. Optamos pelo Expresso Turístico: um carro nos pegou no hotel e nos levou até a estação de trem. O trem saiu da estação às 8h15 e na volta, subimos de van pela estrada da Graciosa. Não fechamos o pacote com almoço incluso pois já tínhamos comido barreado em Curitiba (vou falar mais sobre isso) e queríamos escolher o melhor lugar pra comer quando chegássemos lá. Duas coisas a pontuar aqui: a primeira é que a cidade é pequena, então não tem muitas opções de restaurantes e o trem desce cheio, ou seja, muita gente chegando ao mesmo tempo pra almoçar, isso sem contar a galera que vai por conta, de carro. Por isso, garantir o almoço não é má ideia. E a outra é que os restaurantes em Morretes são, em sua maioria, turísticos, ou seja, são um pouco caro. Resumindo: não achamos tão ruim não ter feito a reserva, pois encontramos um restaurante self-service que ficava numa casa típica de fazenda, bem agradável e com comida bem gostosa.

O passeio de trem em si é legal, em cada vagão tem um guia que vai explicando os pontos turísticos conforme o trem vai passando. Ele faz algumas paradas no caminho por conta dos trens de carga e isso torna o passeio um pouco cansativo. O problema é que, como eu disse, o tempo não ajudou e a visibilidade estava bem baixa. Pelas fotos vocês vão ver que quase não tinha vista, ou seja, se conseguir, tente fazer esse passeio com o tempo ensolarado. Terei que voltar com certeza! rs

Agora vamos falar de comida, coisa que eu e você adoramos! rs no primeiro dia que chegamos em Curitiba, fomos conhecer o centro da cidade (debaixo de chuva). Fizemos tudo a pé mesmo e optamos por almoçar no Farnel Gastronomia, que hoje já não está mais lá, mas se tratava de umas das casas mais famosas de Curitiba (eles ainda não encontraram um novo ponto, até o momento em que escrevi esse post, vi a informação na fanpage deles). Provamos o famoso barreado lá e foi a primeira vez que comi. Confesso que gostei bastante (acho que nem tem como não gostar! rs) e também pedimos um prato de paçoca de carne, que também estava DIVINO (volta Farnel! rs).

O que eu gostei do Farnel é que eles levavam os ingredientes do barreado na mesa e você “monta” na hora, eles explicavam direitinho como fazer e isso com certeza fez toda a diferença (atendimento bom é tudo nessa vida). Alô pessoal de Curitiba, vou voltar aí em breve e queria poder comer de novo lá, mas como ainda não dá, aceito sugestões de novos lugares também!

Nenhum comentário

Enviar um comentário