Cafeteria e Museu do Café em Santos

Aproveitei um feriado curto aqui em São Paulo pra descer até Santos e visitar o Museu do Café, bem famoso na cidade. Como eu curto um bom cafezinho, a visita valeu super a pena. Eu fui em uma sexta-feira, mas se você for de sábado ou domingo, rola visita com degustação às 10h30, 12h, 15h e 17h.

O museu é um dos principais pontos turísticos da cidade de Santos (senão, o principal) e foi instalado no edifício da antiga Bolsa do Café, por isso, o Salão do Pregão, onde eram feitas as negociações diárias, também pode ser visitado. O museu tem dois andares abertos à visitação e conta toda a história do café no nosso país. Pra quem curte museu e história, é um prato cheio!

No térreo, você encontra a Cafeteria do Museu, premiada pela Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC), que conta com uma grande variedade de grãos produzidos em várias regiões do Brasil. Quem me acompanha no instagram viu o que provei lá na cafeteria! A cafeteria funciona todos os dias da semana até às 18h, sempre uma hora após o fechamento do museu, que funciona de terça a domingo, até as 17h. O horário de abertura é às 9h e 10h aos domingos. Lá no museu ainda funciona o Centro de Preparação de Café (CPC), que oferece cursos gratuitos para leigos e amantes do café, além de ter oficinas, workshops e palestras para todos os tipos de público.

Como passei o dia todo em Santos, aproveitei pra fazer o passeio de bonde, que é bacana e passa por todos os pontos históricos da cidade. Durante o passeio, acabei encontrando um restaurante muito bom pra almoçar, ali mesmo na região do centro histórico. O Mainah é um restaurante self-service, o que é perfeito pra mim e pro Guilherme, porque cada um gosta de um tipo de comida e lá eles tem de comida árabe a frutos do mar, sem contar que o ambiente é super agradável e o preço bem justo. Ele fica na rua General Camara, 114.

Nenhum comentário

Enviar um comentário